top of page

QUARENTENA | AMOR  NO CAOS

Quando as certezas deram lugar à insegurança, quando os abraços foram trocados por espaços, quando a rotina se tornou quarentena e os sonhos foram assombrados pelo medo…

Ganhamos a oportunidade de olhar para dentro. Pra dentro de si, pra dentro da casa, pra dentro do outro. 

Por mais difícil que seja a convivência, por mais conflitos que tenhamos, os sorriso, abraços, a gracinha do filho, a comida feita, as conversas, as séries, os livros, o cheiro do café, as coisas simples da nossa família, tem sido fonte de energia para continuarmos. 

Olhando pra dentro também somos convidados para olhar pra fora. Pra olhar pra frente. Pra olhar pro futuro. O que vemos? Ainda muita incerteza. O que aprendemos? Ainda estamos neste processo. Com dores, com sombras, mas também com um olhar que pode se renovar e enxergar novas cores no cotidiano. 

 

Esse foi um projeto realizado durante a quarentena, dentro do meu condomínio e em condomínios vizinhos. Registrei essas famílias que me inspiraram e fizerem alegres cada um dos pequenos momentos de “ensaio”. 

Cada família, uma história. Cada um me ensinou a olhar para minha própria família com mais carinho e, nesse momento difícil, fui convidada a entender que devo chacoalhar a árvore que sou, desprender as minhas folhas secas e me concentrar no tronco e nas raízes. Quando a primavera vier, estarei pronta.

bottom of page